Gray Hat: o que é? Como funciona e as principais práticas

  • Gray Hat é como os profissionais da área de SEO se referem à mistura das práticas de Black Hat (práticas negativas de SEO) e White Hat (práticas positivas de SEO). Da mesma maneira que as outras técnicas, o Gray Hat tem o principal objetivo de melhorar o posicionamento de sites nas páginas de resultados de busca.

No mundo do SEO existem estratégias e técnicas que são consideradas pelos buscadores como positivas ou negativas. Essas estratégias são dividas pelos profissionais em três tipos: 

  • Black Hat (Chapéu preto) 
  • White Hat (Chapéu branco)
  • Gray Hat (Chapéu cinza).

O Black Hat é  o nome dado para as técnicas negativas que, muitas vezes, são maliciosas e se aproveitam das brechas que existem nos algoritmos para manipular os resultados para ranquear as páginas mais rapidamente e alcançar rankings mais rápido.

As práticas de black hat, como é o caso do KeyWord Stuffing, farm de links e outras; são extremamente mal vistas e trazem como resultado banimento do site pelo Google. 

Enquanto isso, o White Hat se refere às estratégias que são mais aceitas pelos buscadores e que tem o objetivo de entregar um conteúdo de qualidade e que resolva o problema do usuário. Sendo as práticas recomendadas pelo próprio Google. 

Dessa maneira, quando pensamos nas práticas de Gray Hat, como já é possível imaginar, não estamos falando de nada mais que a junção das práticas feitas no Black Hat (5%) e no White Hat (95%)!

Sendo práticas nem completamente certas, nem completamente erradas… as vezes, você pode estar usando essas técnicas no dia a dia e nem sabe.

Por este motivo, continue nos acompanhando neste artigo, onde vamos te trazer informações únicas para entender melhor quais são as práticas consideradas de Gray hat, como elas podem te auxiliar nos posicionamentos nos buscadores e muito mais! 

Afinal, quais são as técnicas usadas no Grey Hat?

Existem várias estratégias de Grey Hat – como já dito – em sua maioria, são práticas derivadas ou são misturas do Black Hat e do White Hat.

Essas práticas podem ser utilizadas para aumentar as buscas dos sites em curto ou médio prazo, mas mesmo assim – mesmo não estando completamente errado – é muito  importante tomar cuidado para não levar penalizações.

Duas práticas que eram consideradas gray hat, são as práticas de keyword stuffing (uso excessivo e não natural da palavra-chave, com objetivo de se aproveitar do algoritmo) e link farms (Fazenda de links, que consiste em vários sites que se ligam para aumentar de forma artificial as classificações nos buscadores.

Todavia, essas práticas se tornaram de black hat após as principais atualizações do Google – como o Panda que punia conteúdos de baixa qualidade e com spam de conteúdos.

Mas ainda assim, ainda possuem algumas práticas de Gray Hat. Vamos conhecer as 4 principais práticas ainda usadas atualmente!

 

1- Criação de Links Desnecessários

Uma prática comum de Gray Hat SEO é a criação de links desnecessários para o conteúdo. Isso envolve a criação de backlinks para o site, que não são exatamente de alta qualidade ou relevantes, mas que ainda podem ajudar a melhorar o ranking em mecanismos de busca.

No geral, estamos falando da criação de links de baixa qualidade que não agreguem qualquer valor para os usuários.

Os motores de busca, como o Google, estão cada vez mais avançados em detectar essas táticas e podem diminuir a importância desses links ou penalizar o site se for percebido como manipulação.

2- Publicação de Notícias Falsas para Atrair Audiência

Outra estratégia de Gray Hat é a publicação de notícias falsas ou sensacionalistas com o objetivo de atrair tráfego para um site – as famosas Fake News.

Ao gerar curiosidade ou controvérsia, esta prática pode levar a um aumento temporário no tráfego.

No entanto, isso pode ser prejudicial a longo prazo, pois os usuários podem perder a confiança no site e os mecanismos de busca podem rebaixar o site por fornecer conteúdo enganoso.

3- Compra de Domínios Inativos

A compra de domínios inativos que possuam alguma autoridade ou relevância e redirecioná-los para o site principal é uma técnica utilizada por alguns profissionais de SEO.

Isso pode proporcionar um impulso no ranking do site, uma vez que os domínios expirados podem ter backlinks valiosos.

No entanto, os mecanismos de busca podem identificar essa prática como uma tentativa de manipular os rankings e, em alguns casos, podem aplicar penalidades.

4- Compra de Seguidores nas Redes Sociais

Embora a presença nas redes sociais possa ter um impacto positivo na percepção da marca e até mesmo em SEO, a compra de seguidores é uma prática de Gray Hat que pode não trazer benefícios duradouros.

Isso porque os seguidores comprados geralmente não estão realmente interessados no conteúdo ou nos produtos e podem não se envolver de maneira significativa.

Além disso, as plataformas de redes sociais estão constantemente aprimorando suas capacidades de detectar e penalizar contas que empregam essa prática.

Posso ser penalizado por usar técnicas de Gray Hat?

Diferentemente das práticas do Black Hat, os riscos de quem utiliza estratégias de Grey Hat são bem menores. Geralmente, as penalizações por usar essas práticas são mais brandas, mas também podem gerar penalizações mais pesadas ou até mesmo banimento, caso os buscadores entendam como Black hat SEO

É essencial compreender e/ou relembrar que os mecanismos de busca têm o objetivo de fornecer aos usuários os resultados mais relevantes e de alta qualidade e quando determinadas técnicas são utilizadas para manipular os algoritmos e alcançar um posicionamento mais elevado de forma injusta, isso pode levar a penalizações.

Como funcionam as penalizações dos buscadores?

Primeiramente, é importante deixar claro que utilizar estratégias que não seguem as diretrizes do buscador pode gerar punições ao site! De maneira geral, as punições vão variar de acordo com:

  • A atividade que foi realizada;
  • Quantidade de vezes praticada;
  • Volume de irregularidades.

De acordo com essas características, é possível ter noção da gravidade das punições que serão atribuídas ao site – como, por exemplo, a queda de relevância e posição do site.

Caso essas práticas ruins continuem, mesmo depois dessas punições, o site pode ser banido. 

Como posso evitar penalizações dos buscadores?

Garantir a visibilidade e a relevância do seu site é crucial na era digital. No entanto, é igualmente importante garantir que as práticas de otimização de mecanismos de busca (SEO) empregadas estejam em conformidade com as diretrizes estabelecidas pelos mecanismos de busca.

Vamos explorar algumas estratégias importantes para evitar penalizações e manter um perfil de SEO saudável.

1- Seja Cauteloso com a Geração de Backlinks

Refrão de usar ferramentas ou serviços automáticos que geram grandes quantidades de backlinks indiscriminadamente. Os mecanismos de busca valorizam a qualidade e a relevância dos backlinks, e o uso de máquinas de gerar backlinks pode resultar em links de baixa qualidade que poderiam levar a penalizações. É mais benéfico focar em obter backlinks naturais de sites de autoridade relacionados ao seu nicho.

2- Monitore o Score de Spam

É essencial analisar regularmente o Score de Spam do seu site. Um Score de Spam elevado pode ser um indicador de que o seu site pode estar associado a práticas questionáveis.

Isso pode incluir links de sites não confiáveis, conteúdo plagiado, entre outros. Utilize ferramentas de SEO para monitorar e tomar medidas para reduzir o Score de Spam.

3- Cuide dos Links Para as Money Pages

As Money Pages são páginas focadas em conversões, como vendas ou leads. Evite criar uma quantidade excessiva de links apontando diretamente para essas páginas, pois isso pode ser percebido como manipulação.

Em vez disso, construa uma estrutura de links internos bem pensada, que distribua o valor do link naturalmente por todo o site.

4- Selecione Sites com Tráfego Real

Evite obter links de sites que não têm tráfego real, pois isso pode ser um sinal de baixa qualidade ou irrelevância.

Foque em estabelecer parcerias com sites que tenham uma base de visitantes ativa e estejam relacionados ao seu setor.

5- Diversifique Textos Âncora em Backlinks

Utilizar o mesmo texto âncora repetidamente em backlinks pode parecer não natural e manipulativo para os mecanismos de busca.

É importante diversificar os textos âncora para criar um perfil de backlink mais orgânico.

6- Evite Sites com Backlinks Tóxicos

Estabelecer links em sites que já possuem um histórico de backlinks tóxicos pode prejudicar a reputação e a autoridade do seu site.

Faça uma análise dos sites antes de criar backlinks para garantir que eles mantenham um perfil de link limpo.

7- Proceda com Cuidado em Trocas de Links

Enquanto a troca de links pode ser benéfica quando feita corretamente, é importante proceder com cuidado.

Trocas excessivas de links ou trocas que não oferecem valor aos usuários podem ser vistas como uma tentativa de manipular os rankings.

Conclusão

É muito importante que o Grey Hat seja utilizado de maneira consciente e responsável para atingir resultados a curto e médio prazo. Isso porque existem técnicas que muitas vezes podem ser mal vistas pelo algoritmo dos buscadores.

Antes de colocar uma estratégia em prática pesquise muito bem para não perder todo o progresso do seu site! Caso você esteja procurando por estratégias mais seguras e que não vão gerar nenhum tipo de punição para o site o ideal é seguir as práticas de White Hat.

Gray Hat – FAQ (Perguntas Frequentes)

O que é Gray Hat SEO?

Gray Hat SEO é uma mistura de técnicas de Black Hat e White Hat SEO. Ele inclui práticas que não são claramente definidas como boas ou ruins pelos mecanismos de busca, e são usadas para melhorar o posicionamento de um site nos resultados de busca.

Gray Hat SEO é legal?

Gray Hat SEO não é necessariamente ilegal, mas opera em uma área cinzenta. Algumas das técnicas podem ser consideradas manipuladoras e, se usadas de forma excessiva, podem levar a penalizações pelos mecanismos de busca.

Qual é a diferença entre Gray Hat e Black Hat SEO?

Gray Hat SEO envolve táticas que estão entre as práticas éticas de White Hat e as práticas manipuladoras de Black Hat. Já o Black Hat SEO envolve técnicas que são claramente violações das diretrizes dos mecanismos de busca e são consideradas desonestas.

É seguro usar Gray Hat SEO?

Usar Gray Hat SEO pode ser arriscado, pois mecanismos de busca, como o Google, estão sempre atualizando seus algoritmos. Táticas que são atualmente aceitáveis podem ser consideradas Black Hat no futuro.

O que é compra de domínios inativos como uma tática de Gray Hat?

Compra de domínios inativos envolve adquirir domínios que expiraram, mas ainda têm autoridade, e redirecioná-los para o site principal. Isso pode impulsionar o ranking, mas pode ser visto como manipulação pelos mecanismos de busca.

O que são notícias falsas para atrair audiência?

É uma tática de Gray Hat onde se publicam notícias falsas ou sensacionalistas para atrair tráfego. Pode gerar curiosidade e aumentar o tráfego temporariamente, mas pode ser prejudicial a longo prazo.

Por que a compra de seguidores nas redes sociais é considerada Gray Hat?

A compra de seguidores é considerada Gray Hat porque, embora possa aumentar a presença nas redes sociais, os seguidores geralmente não estão interessados no conteúdo e não se envolvem, tornando-se ineficaz.

Como posso evitar penalizações ao usar Gray Hat SEO?

Para evitar penalizações, use técnicas Gray Hat com moderação e monitore constantemente as diretrizes dos mecanismos de busca. Concentre-se em agregar valor ao usuário e evite práticas que possam ser consideradas manipuladoras.

Gray Hat SEO pode me ajudar a obter melhores classificações rapidamente?

Gray Hat SEO pode ajudar temporariamente a obter melhores classificações, mas é importante lembrar que os mecanismos de busca estão sempre atualizando seus algoritmos e o que funciona hoje pode não funcionar amanhã.

Qual é a alternativa segura ao Gray Hat SEO?

A alternativa mais segura ao Gray Hat SEO é usar práticas de White Hat SEO, que estão em conformidade com as diretrizes dos mecanismos de busca e focam em fornecer conteúdo de alta qualidade e valor para os usuários.