Black Hat SEO: o que é e as [09] Práticas que você deve evitar!

  • As estratégias de black hat são práticas desleais e antiéticas que buscam manipular os resultados dos mecanismos de busca, incluindo a manipulação de links – troca e compra de links em excesso e de baixa qualidade.

No mundo do marketing digital e otimização de mecanismos de busca (SEO), é essencial entender as diferentes práticas e estratégias que podem afetar a visibilidade e o sucesso de um site. Entre as estratégias de SEO, existem duas abordagens distintas:

  • White Hat (chapéu branco);
  • Black Hat (chapéu preto).

Essas diferentes práticas foram nomeadas dessa maneira, pelos próprios profissionais da área, onde, cada uma delas, correspondem à: práticas positivas (white hat) e práticas “obscuras” (black hat) e também a mistura dos dois, práticas nem completamente certas e nem completamente erradas, chamadas Gray Hat.

Esses termos se originam, verdadeiramente, dos hackers – sendo inspirados pelo nos tempos de faroeste – onde os bandidos usavam chapeis pretos, enquanto os “mocinhos” usavam chapeis brancos.

Neste texto, vamos explorar o “lado sombrio do SEO”, conhecido como Black Hat.

No geral, quando falamos de Black Hat, estamos falando de práticas desleais, antiéticas e, até mesmo, ilegais – que tem como objetivo principal a manipulação dos motores de busca para obter melhores posições nas páginas de resultados (SERP).

Resumindo, o Black Hat busca atalhos e truques para alcançar resultados rápidos, muitas vezes ignorando a experiência dos usuários e as diretrizes estabelecidas pelos motores de busca, como o Google. É exatamente por este motivo, que sites que usam essas práticas são extremamente penalizadas pelo Google e, até mesmo, tiradas do ar!

Por este motivo, você precisa conhecer o que são e como são essas estratégias negativas para que você possa evitá-las para que o seu site não sofra penalizações.

Neste artigo, nós iremos abordar todas as informações sobre as práticas de Black Hat, daremos um foco maior em o que é manipulação de links, o que você deve evitar no seu site por que evitar essas práticas e diversas outras informações!

Nos acompanhe nesta leitura e entenda tudo sobre este assunto e saiba quais práticas realmente trarão um crescimento verdadeiramente sustentável, trazendo melhora na visibilidade orgânica e garantindo presença sólida!

 

Quais são as principais técnicas e práticas de Black Hat?

Como já dito neste artigo, as práticas de Black Hat são diversas – cada uma com suas características específicas, com o intuito de encontrar “atalhos no caminho”.

Vamos ver agora as principais práticas que envolvem o Black hat para que você às evite!

 

1- Keyword stuffing (enchimento de palavras-chave):

Essa técnica envolve o uso excessivo de uma palavra-chave específica em uma página, na tentativa de aumentar sua relevância para essa palavra-chave.

O conteúdo se torna não natural e difícil de ler para os usuários, prejudicando a experiência do usuário. Os motores de busca penalizam essa prática, dando prioridade a conteúdos de qualidade.

2- Conteúdo oculto:

Nessa prática, palavras-chave, links ou conteúdo são ocultados dos usuários, mas ainda são visíveis para os motores de busca.

Isso pode ser feito alterando a cor do texto para que fique igual ao fundo da página, usando tamanhos de fonte muito pequenos ou reposicionando o texto fora da tela. Os motores de busca detectam essas técnicas e podem penalizar os sites que as utilizam.

3- Conteúdo duplicado:

Consiste em copiar conteúdo de outras fontes e publicá-lo em um site, sem fazer qualquer alteração significativa. Os motores de busca preferem conteúdo original e relevante, e podem penalizar sites que apresentam conteúdo duplicado, restringindo sua visibilidade nos resultados de pesquisa.

4- Cloaking (camuflagem):

Essa técnica envolve a exibição de diferentes conteúdos para os motores de busca e para os usuários. Os mecanismos de busca veem uma versão otimizada para palavras-chave, enquanto os usuários veem um conteúdo diferente.

Isso é feito por meio do uso de tags user-agent para identificar e exibir diferentes versões da página. Os motores de busca consideram essa prática enganosa e podem penalizar os sites que a utilizam.

5- Doorway pages (páginas de entrada):

São páginas criadas especificamente para os motores de busca, com o objetivo de direcionar o tráfego para um site principal.

Essas páginas geralmente têm pouco ou nenhum conteúdo relevante para os usuários e são otimizadas para palavras-chave específicas. Os motores de busca consideram isso como uma prática enganosa e podem penalizar os sites que as usam.

6- Link farms (fazendas de links):

São redes de sites que se ligam uns aos outros, visando aumentar artificialmente a popularidade e a classificação nos motores de busca.

Os sites nessas redes geralmente não têm conteúdo relevante e possuem muitos links irrelevantes. Os motores de busca penalizam essa prática, pois consideram esses links como manipulação do sistema.

7- Private Blog Networks (PBN):

São redes de blogs e sites que são criados ou adquiridos com o objetivo de criar links para um site principal. Esses sites geralmente têm autoridade, mas são usados ​​de forma não natural para manipular a

8- Link Spamming (Spam de Links):

Nessa prática, os Black Hatters criam um grande número de links irrelevantes e de baixa qualidade apontando para um site específico.

Eles podem usar métodos automatizados, como programas de spam de comentários em blogs ou fóruns, ou contratar serviços que prometem gerar milhares de links em curto prazo.

Os motores de busca consideram isso uma manipulação dos algoritmos de classificação e podem penalizar o site envolvido.

9- Spam de comentários

Essa prática consiste em postar comentários ou mensagens em blogs, fóruns ou redes sociais com links irrelevantes ou promocionais, visando aumentar a visibilidade do site.

10- SEO negativo (ataque aos concorrentes)

Essa prática consiste em aplicar as estratégias de Black Hat de forma explicita, mas isso é feito nos sites dos concorrentes – para que os buscadores penalizem as páginas do site e ele desça nas posições.

O SEO negativo conta com: Links tóxicos, publicações de conteúdos difamatórios e hacking dos sites concorrentes.

 

Quais são as penalizações do Google para essas práticas?

A aplicação dessas estratégias ou prática de outras atividades que não estão de acordo com as diretrizes do Google, podem ocasionar em punições.

As punições podem variar de acordo com a atividade que foi realizada, quantidade de vezes praticada, volume de irregularidades e outras análises que serão feitas.

Dentre as punições, nós temos a queda de 30 posições, até a queda de 950 posições. Quando, mesmo assim, as práticas continuam, ocorre o banimento.

 

O que é Manipulação de Links?

Como já dito neste artigo, precisamos nos aprofundar sobre a questão de manipulação de Links – que também é uma prática negativa. Lembrando que seu site pode ser visto como um usuário desta prática caso você tome algumas decisões erradas, por isso, essa prática merece uma posição de destaque.

No geral, a manipulação de links ocorre na realização deliberada de backlinks – em sua grande maioria – de baixa qualidade.

Sem dúvidas, a importância dos Backlinks no SEO é amplamente reconhecida – sendo reconhecidas pelos motores de busca como “votos de confiança”, que indicam a autoridade e a relevância dos sites. Construir parcerias é muito importante e adquirir backlinks também é fundamental, mas tudo deve ser feito da forma correta!

Devemos entender e diferenciar as estratégias legitimas de construção de links, baseadas em práticas éticas que estão de acordo com as diretrizes dos motores de busca e a manipulação de links, que envolve táticas enganosas e antiéticas para obter uma vantagem injusta nos resultados de pesquisa.

 

[19] práticas que você deve evitar para evitar penalizações por manipulação:

Separamos agora, 19 práticas que você PRECISA evitar para não ser penalizado pelo Google.

Como disse anteriormente, existem algumas práticas que você pode não saber, mas o Google verá como uma manipulação de links e, por este motivo, ao invés de conseguir boas posições, você poderá acabar de vez com todo o seu trabalho e esforço.

Vamos então ver as 19 práticas que você precisa evitar:

  1. Por favor, não faça links em comentários ou em “fóruns” de baixa qualidade;
  2. Nunca utilize Máquinas que geram backlinks em massa (Money Robot);
  3. Cuidado com a produção de grandes quantidades de backlinks de baixa qualidade;
  4. Evite comprar backlinks de sites antes de analisar a procedência e qualidade;
  5. Não esqueça de analisar o Score Spam;
  6. Não faça links para páginas que chamamos de “Money Page”;
  7. Cuidado com PBNs (Redes Privadas De Sites) elas podem ter o mesmo IP;
  8. Evite sites que não possuam tráfego;
  9. Tome cuidado com a proporção de Links Do Follow e No Follow;
  10. Sites cadastrados com o mesmo CPF – pois podem denunciar redes privadas de sites PBNs;
  11. Evite usar um mesmo texto âncora nos backlinks;
  12. Evite fazer apenas um modelo de links, use também imagens;
  13. Cuidado ao realizar muitos links em sites novos e com pouco tráfego;
  14. Analise bem os sites para evitar Farms de links;
  15. Não utilize links de rodapés;
  16. Cuidado com backlinks de sites com conteúdos “sensíveis” (porn*grafia e outros) – Backlinks tóxicos contaminam seu site;
  17. Tome cuidado com troca de links;
  18. Evite sites que não recebem backlinks ou recebem links tóxicos;
  19. Tenha um intervalo de publicação coerente com o histórico de links.

 

Links No Follow x Manipulação de Links

Lembra que falamos acerca da proporção de links do follow e no follow?! Lembra que falamos sobre uma prática de Black Hat chamada link spamming?!

Então… existem pessoas, principalmente aquelas que estão entrando agora no mundo do SEO, que não sabem que links inseridos nos comentários de blogs ou fóruns não transmitem autoridade!

Inserir links nos comentários de vários blogs, principalmente os de baixa qualidade, fará com que o Google enxergue que você está usando uma das práticas de Black Hat através da quantidade de links “no Follow”.

Sabe o que acontecerá? O seu site receberá uma FLAG do Google. É como se o Google marcasse o seu site, percebendo “atividades estranhas e suspeitas”.

 

02 Principais Formas do Google Encontrar Manipulações de Links

O Google está em constante atualização e análise para oferecer conteúdos e respostas que vão realmente de encontro ao que os usuários estão procurando.

Analisar se os links que estão sendo recomendados para os usuários são verdadeiramente positivos e relevantes é parte fundamental da recomendação de conteúdos que realmente irão responder as dúvidas dos usuários.

Existem duas principais formas do Google enxergar a manipulação de links, são elas:

1. Muitos links sendo apontados partindo do mesmo IP de referência;

Todo site possui um IP de referência, que geralmente é definido pela hospedagem daquele site. Agora, se uma única pessoa realiza diversos links para um site e todos esses sites possuem o mesmo IP de referência. É você apontando para você…

Algumas pessoas também realizam a compra do Domínio e usam o mesmo CPF. Saiba que o Google puxa pelo Whois!

O WHOIS é um protocolo que armazena as informações sobre quem são os proprietários dos domínios.

Logo, existem diversas formas de descobrir que você está tentando “burlar o algoritmo” fazendo links entre os seu próprios sites.

 

2.  “Money Links”

Imagina que você possui uma página que você deseja ranquear para a palavra “comprar backlinks. Você começa a comprar backlinks sem ter uma estratégia clara sobre como realizar a compra.

E você comete um erro muito clássico: Inserir âncoras em palavras exatas para o termo que você quer ranquear, como é o caso de palavras comerciais direcionando para as páginas de venda. 

O Google perceberá que esta não é uma espécie de “linkagem” natural. Agora imagina que:

  • Você realize 10 backlinks em sites diferentes, porém com o mesmo texto âncora “Comprar Backlinks”;
  • Todos os links são realizados no mesmo período de tempo e com a mesma URL de destino;
  • Estes links estão enviando para uma página de venda (o que chamamos de “Money Page”);
  • O Sites que estão fazendo os links possuem um alto nível de SPAM SCORE;

É fundamental entendermos o quanto antes que toda compra de links deve ser feita de forma calculada, o tempo de “linkagem” deve ter um intervalo pensado, os IPs devem ser diferentes, a qualidade do link e do site que realiza devem ser boas…

Tudo isso influencia e diferencia os resultado: seu site ser penalizado ou ser colocado entre as primeiras posições nos buscadores! Tudo deve ser feito da forma mais natural possível!

Mas então, Como Planejar uma Distribuição Natural de Links?

Para ter uma boa distribuição dos backlinks, pense em variar as âncoras realizadas para o seu site.

Utilize sinônimos na construção das âncoras, abarque o campo semântico, insira preposições, mas nunca faça âncoras idênticas em grandes quantidades e em um curto período de tempo!

Repetindo, o segredo é: ser o mais natural possível!

Por isso ao comprar links ou adquirir inserções de links – opte por uma variação neste estilo:

  • 30% –> Âncoras Branded (marca);
  • 20% –> Âncoras Exatas;
  • 38% –> Âncoras Não Exatas;
  • 10% –> Naked Link;
  • 2% –> Genéricos.

Observação:  Essas porcentagens acima não são algo exato e sim uma estimativa que fui desenvolvendo ao longo do tempo.

Seguindo essas recomendações, pela minha experiência você irá colher muitos resultados com os links.

 

Conclusão

Neste artigo, você pôde conhecer e muito sobre as práticas de Black Hat e se aprofundou sobre o que é manipulação de links.

O conhecimento evita que venhamos arrumar as famosas “dores de cabeça” – perdendo tudo que lutamos tanto para conquistar, por simplesmente desconhecer e tomar uma decisão errada.

Aproveite todas essas informações e construa processos seguros e poderosos que levarão as suas páginas ao topo dos resultados de pesquisa do Google e de outros buscadores!

Aproveite e veja também este artigo onde nós te mostraremos: Realmente Vale a pena Comprar Backlinks?

 

Black Hat e Manipulação de Links – FAQ

O que é manipulação de links no contexto do SEO?

A manipulação de links envolve práticas que visam enganar os mecanismos de busca para obter uma classificação melhor, como compra de links ou criação de redes de links falsos.

Qual é o problema da manipulação de links no SEO?

A manipulação de links viola as diretrizes dos mecanismos de busca, podendo resultar em penalidades, quedas no ranking ou até mesmo na remoção completa do seu site dos resultados de pesquisa.

Quais são algumas técnicas comuns de manipulação de links?

Alguns exemplos incluem a criação de links em massa de baixa qualidade, troca de links excessiva, links ocultos ou invisíveis e o uso de redes de blogs falsos.

É possível se beneficiar da manipulação de links a curto prazo?

Embora possa haver ganhos temporários, a manipulação de links é uma estratégia arriscada. Os mecanismos de busca estão cada vez mais avançados em detectar práticas não éticas (black hat).

Como os mecanismos de busca identificam a manipulação de links?

Os mecanismos de busca usam algoritmos complexos que avaliam a qualidade e a relevância dos links. Eles procuram padrões suspeitos e avaliam a coerência entre links e conteúdo.

Existem técnicas legítimas para melhorar a autoridade de um site?

Sim, existem práticas legítimas, como criar conteúdo de qualidade, buscar backlinks naturais por meio de estratégias de marketing e estabelecer parcerias com sites relevantes.

É possível remover penalidades de manipulação de links?

Sim, é possível. É necessário identificar e remover os links manipulados, enviar uma reconsideração ao mecanismo de busca e implementar uma estratégia de SEO ética e sustentável.

Quais são os riscos de contratar serviços que prometem manipulação de links?

Contratar serviços de manipulação de links coloca seu site em sério risco de penalidades e danos à reputação online. É importante evitar essas práticas duvidosas.

Posso denunciar concorrentes que usam manipulação de links?

Sim, você pode denunciar práticas de manipulação de links antiéticas aos mecanismos de busca. Eles analisarão a denúncia e tomarão as medidas apropriadas, se confirmado.

Como posso fortalecer minha estratégia de SEO de forma ética e eficaz?

Foque em criar conteúdo relevante e de alta qualidade, otimizar seu site de acordo com as diretrizes dos mecanismos de busca e buscar parcerias e backlinks orgânicos de qualidade.

Avatar
Olá, seja bem-vindo a minha página de Autor. Meu nome é Danielo Batista, sou especialista em SEO e estrategista de marketing. Atualmente estou à frente da Maturare uma Agência especializada em SEO e Marketing com especialidade no Google.